O principal objetivo do projeto “CLIL for Young European Citizens” (CLIL4YEC) é promover o uso da da Aprendizagem Integrada de Conteúdo e Língua (CLIL) no ensino básico (1º. e 2º. Ciclos), a fim de desenvolver a cidadania Europeia, a educação ambiental e a literacia financeira, três importantes áreas curriculares para uma melhor integração e bem-estar europeus. O projeto usa a abordagem CLIL não apenas para integrar a aprendizagem de línguas e conteúdos disciplinares, mas para fomentar a transversalidade curricular e a interculturalidade no âmbito da promoção da cidadania europeia e do desenvolvimento de competências básicas. Existem tópicos amplos e universalmente relevantes que estão intimamente ligados à dimensão intercultural, campo em que a abordagem CLIL pode abrir novas possibilidades no ensino básico como, por exemplo, por meio de intercâmbios virtuais e colaboração online entre alunos de países e espaços culturais diferentes, sob a supervisão de professores e famílias.

Questa foto di Autore sconosciuto è concesso in licenza da CC BY-SA

O projeto CLIL4YEC encontra-se profundamente vinculado ao desenvolvimento de competências digitais. De facto, o projeto: i) permitirá que os professores encontrem, compartilhem e reutilizem Recursos Educativos de Acesso Livre (OERs), usando um repositório online original de OERs dedicados à cidadania europeia, à educação ambiental e à literacia financeira; ii) ajudará os professores a adotar práticas inovadoras – planificando aula originais – que envolverão alunos e pais no processo de aprendizagem.

São diversos os estudos que sublinham o papel da abordagem CLIL para uma maior sensibilização intercultural (Coyle, D., Hood, P. e Marsh, D. 2010, CLIL, Cambridge, CUP; Coyle, D. Holmes. B. e King, L. 2009, Towards an integrated curriculum: CLIL national statement and guidelines, London, The Languages Company.) os estudos apontam também CLIL como sendo “uma ferramenta para explorar e construir sentidos” em “contexto”. Na abordagem CLIL, “os alunos envolvem-se num mais profundo conhecimento de si próprios e dos outros, ao mesmo tempo que experienciam processos da perspetiva dos colegas” (Ena Harrop, Content and Language Integrated Learning (CLIL): Limitations and possibilities, Encuentro, 21, 2012; Coffey, S. 2005 Content-based learning, em Cerezal, F. (ed.) De la Práctica a la Teoría: Reflexiones sobre la enseñanza y el aprendizaje de inglés. pp.49-62. Alcalá de Henares: Universidad de Alcalá).

O projeto CLIL4YEC adota a abordagem CLIL para apoiar aprendizagens transversais em três áreas curriculares relacionadas entre si e correlacionadas com o bem-estar e a educação na UE: educar jovens para se tornarem cidadãos europeus, ajudá-los a conhecer as principais questões ambientais (usando uma linguagem internacional para descrever questões ambientais: não é irrelevante que Greta Thunberg, uma jovem sueca, use o inglês para promover as suas ideias); bem como desenvolver competências de literacia financeira (importantes para consciencializar os alunos sobre os elementos necessários para criar e produzir trabalho).

Para atingir o seu objetivo, o projeto prevê divulgar 7 “produtos” (de natureza académica e profissional)em conexão direta com as prioridades europeias (Promover uma abordagem abrangente do ensino e aprendizagem de línguas; promover a educação aberta e práticas inovadoras na era digital; apoiar os indivíduos na aquisição e desenvolvimento de habilidades básicas e competências-chave):

Vá para a lista de Produtos

Grupos-alvo do projeto

Os grupos-alvo do projeto CLIL4YEC são:

  • Professores do Ensino Básico (1.º e 2.º ciclos);
  • Escolas do Ensino Básico;
  • Alunos do Ensino Básico (1º. E 2º.ciclos);
  • Pais e famílias dos alunos do Ensino Básico (1.º e 2.º ciclos);
  • Formadores de professores do Ensino Básico (1.º e 2.º ciclos);
  • Instituições de ensino superior
  • Escolas de línguas e outras organizações especializadas na formação de professores para o Ensino Básico (1.º e 2.º ciclos).

O projeto foi definido pela parceria já estabelecida entre a Organização Requerente e 7 organizações que participaram do projeto Erasmus+ anterior “CLIL for Children” (2015-2018), e 2 novos parceiros de Espanha (um país onde a abordagem CLIL é usada há muito tempo). Os parceiros são representantes de instituições tanto do ensino básico como do ensino superior em quatro países europeus (TI, PT, RO, ES)..